You could put your verification ID in a comment Or, in its own meta tag Or, as one of your keywords Google+

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Computação de nuvem, Hitler e Twitter

Seguindo o traçado, hoje é dia de Tecnologia [quero ver até quando].

Destaco matéria do Blos Info.

Sai a World Wide Web e entra no lugar o World Wide Computer (W3C) O que quer dizer isso? Que uma velha tese de Eric Schmidt, CEO do Google, virou realidade: quando a rede se torna tão rápida quanto o processador, o computador se espalha pela rede.

Nicholas Carr, que está de novo em São Paulo para falar de sua conhecida tese sobre utility computing, agora reciclada como computação de nuvem, endossa a tese de Eric.

Na Interop, ele comparou pela milésima vez as redes de energia elétrica com as redes de computação. Afirmou que, da mesma forma que as indústrias que geravam sua própria energia passaram a comprá-la de terceiros, as empresas vão deixar de tratar de TI dentro de casa para partir para a computação de nuvem.

Por essas e por outras que acho improvável um policial abordar um jovem com um mp4 e verificar a autenticidade das mp3. Quando, os mesmos arquivos que estão no aparelho, "passeiam" pelo ar, a procura de um dispositivo pra ser armazenado.

via INFO

Twitter

Comecei a usar por indicação do #Blogyn, e até o momento não tenho muito o que criticar. Como qualquer ferramenta que se preze a tal tarefa (qual é a função do twitter mesmo?).

A idéia inicial do Twitter: era permitir que os usuários informassem, de maneira rápida, o que estavam fazendo no momento em que navegavam pela internet. Atualmente, a ferramenta é usada também para coberturas jornalísticas em tempo real.

O sucesso ou fracasso do serviço, não depende somente dos administradores e usuários compulsivos [como tem gente esquisita, preguiçosa e tsc..tsc.. bizarra], o usuário é o maior responsável.

Assim como o orkut, que a priori, serviria para um verdadeiro "net-WORKING", e depois de ampliar tanto o círculo social do brasileiro, perdeu a prerrogativa e tornou-se o que é hoje.

Os amigos do Blogyn comentaram no PodZero, a revista Info de Agosto trouxe informações de como "otimizar" as twitadas, e estou vendo a sua usabilidade de maneira positiva.

Agora, se você ainda não viu, eis a paródia feita pelo Crunch





visite o Crunch e confira mais criatividade!

Reações:

0 comentários: