You could put your verification ID in a comment Or, in its own meta tag Or, as one of your keywords Google+

terça-feira, 24 de março de 2009

CITYBUS

A partir de amanhã, 25, quarta-feira, o goianiense contará com um novo serviço dentro do sistema de transporte coletivo. Batizado de CITYBUS, esse atendimento será feito por 65 miniônibus que foram entregues pelo prefeito Iris Rezende no último dia 21.


O CITYBUS inicia o atendimento ao usuário por meio de uma rede de 13 linhas elaborada pela Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC). De acordo com a Companhia, um estudo foi feito para indicar os pólos mais atrativos e o público alvo desse serviço.


Linhas
As linhas circulares, que operam nos sentidos horário e antihorário, serão as primeiras a entrar em operação. Como esse serviço também terá integração a mesma será feita pelas linhas radiais, que vão operar nas principais vias de Goiânia: Avenidas T-7, T-9, T-63, Rio Verde, Contorno, Alphaville, Flamboyant, Vereador José Monteiro, Vera Cruz e 24 de Outubro. Complementando a operação, duas linhas diametrais foram criadas para fazer a ligação de dois shoppings importantes da cidade a pólos que oferecem demanda. “Uma ligará o Flamboyant Shopping Center a Praça do Avião, localizada no Setor Aeroporto e a outra fará a ligação entre o Goiânia Shopping e a Praça Universitária”,


Foi confirmado no fim desta manhã o valor de R$ 4 para a tarifa do Serviço Especial de Transporte, o Citybus. A decisão foi anunciada pelo secretário de Cidades, Paulo Gonçalves, e pelo presidente da Companhia Metropolitana de Transporte Coletivo (CMTC), Marcos Massad, após reunião da Câmara Deliberativa do Transporte Coletivo (CDTC), que aconteceu na sede da CMTC.


Ficou definido ainda que o valor da tarifa do Citybus terá validade de seis meses. Após esse período ele será avaliado de acordo com a demanda e poderá ser mantido ou reduzido. As primeiras linhas do Citybus começam a operar nesta quarta-feira, dia 25. Por ser um serviço de transporte diferenciado, idosos e estudantes não terão direito a passe livre ou meia-tarifa.


Durante a reunião da CDTC foi debatido ainda o reajuste da tarifa do transporte coletivo convencional. Um novo valor deve ser definido até o dia 19 de abril.
Provavelmente acima de R$2,00.


E as reformas nos terminais?
E a porra da pesquisa..


Pelo cronograma, as empresas tinham o compromisso de renovar a frota e investir em tecnologia. Os veículos do transporte coletivo foram totalmente substituídos com a compra de 1043 ônibus zero quilômetro adaptados para o portador de mobilidade reduzida. Esses ônibus circulam em Goiânia desde junho do ano passado. Hoje a capital goiana possui a frota mais nova do país...


Palmas pra Goiânia e pro tio Íris, vamos ver como os usuários Red-Foot aproveitam esses benefícios.

Reações:

5 comentários:

Fred disse...

Acho muito melhor e mais seguro por não andar qualquer um.
Aqui no Rio se eu sei que tem uma linha de bus desse jeito eu prefiro pagar mais caro e ir por ela.

Aurélio Reis disse...

Eu ainda não testei o serviço, em breve espero relatar se realmente o valor cobrado é justificado.
Fred
Concordo com sua ótica, principalmente no Rio.
;]

Tássia disse...

Estou procurando as linhas do frescão e ainda não achei nenhum mapinha -> mais um problema do sistema: quem entra em um transporte sem saber para onde ele o levará?

Aurélio Reis disse...

@Tássia
saiu no jornal O Popular de domingo passado.
Vou disponibilizar um pdf, mas so depois do feriado...

Aurélio Reis disse...

link para o mapa da rede Citybus
http://www.4shared.com/dir/17740066/dec7ba4a/blog.html